Passatempos

Jogo do Stop ou Adedanha

Este é o Jogo do Stop (Portugal) ou Adedanha (Brasil). A ideia foi simples: estavamos a jogar em família. Ensinava o jogo à minha filha, que nunca tinha jogado. Expliquei a ela que a melhor forma de colocar todas as colunas é numa folha “deitada”, ou seja, em formato horizontal ou formato de paisagem. Como os nossos cadernos têm as folhas no formato vertical ou formato de retrato, tornou-se um pouco difícil para ela seguir linhas direitas. Então pensámos em algo que poderia ser útil: preparar umas folhas no computador, que tivessem as linhas na horizontal. Feito…

Podem descarregar as folhas clicando aqui.

O Stop e o Adedanha são, na verdade, o mesmo jogo. No entanto, há pequenas variações entre a versão praticada no Brasil e em Portugal. Como a Patricia é carioca de gema e eu sou de Moçambique e criado em Portugal, tivemos a comprarar as variantes. Concluímos que a forma brasileira de conseguir encontrar a letra parece mais lógica, mais difícil de falsear. Mas já vamos explicar tudo…

Regras do jogo

Podem jogar no mínimo duas pessoas, e não há número máximo de pessoas para jogar. O objectivo do jogo é descobrir quem conhece mais palavras começadas com cada latra do alfabeto. Cada jogador tem uma folha onde escreve as palavras que conhece começadas por uma determinada letra que foi escolhida. Todos começam a escrever em simultâneo e param de escrever quando a primeira pessoa a acabar a sua lista de palavras diz: Stop!

A tabela de palavras

Na tabela que preparámos para você utilizar, existem oito colunas para palavras mais uma para colocar a pontuação. As colunas de palavras são:

  • Nome – pode ser primeiro nome, ou nome de família;
  • Verbo;
  • Lugar – pode ser País, Cidade, Território ou Região;
  • Animal;
  • Vegetal – pode ser Flor, Fruta ou Árvore;
  • Cor – também um tom ou nuance;
  • Marca – pode ser qualquer tipo de marca;
  • Objecto.

Quando não conhece uma palavra começada pela letra que saíu em sorte, deixa a coluna respectiva em branco. Quando um jogador acabou de escrever as suas palavras, diz Stop. Nesse momento, todos os outros devem parar de escrever. Para tornar o jogo mais rápido e divertido, pode, se quiser, permitir que uma pessoa possa dizer Stop mesmo que não tenha escrito todas as palavras. Ou pode optar por tornar o jogo mais rigoroso, se disser que só pode dizer Stop uma pessoa que tenha escrito palavras em todas as colunas. Essa regra deve ser definida de antemão. Para que não existam discordâncias no decorrer do jogo. Note-se no entanto que não há palavras que preencham todas as colunas em todas as letras. Por exemplo, as letras H, V, X ou Z não permitem de certeza encontrar todas as palavras. Aí tem que ser possível dizer Stop mesmo que nem todas as colunas estejam preenchidas.

A pontuação de cada letra obtém-se da seguinte forma: quando não escreveu uma palavra ou escreveu uma palavra inexistente ou errada, tem zero nessa coluna. Quando escreveu uma palavra que é igual á escrita por outro jogador, tem cinco na coluna. Quando escreveu uma palavra que mais ninguém escreveu, tem 10 nessa coluna. Soma todas as colunas e obtém a pontuação final dessa linha. No final do jogo, somam-se as pontuações de todas as linhas e obtém-se o vencedor.

Como encontrar a letra

Para duas ou três pessoas: cada jogador esconde as mãos. Todos em simultâneo dizem “a-de-danha” óu “um, dois, três” e estendem os dedos que quiserem. Contam-se todos os dedos estendidos: A, B, C… Assim, por exemplo, se tiverem seis dedos estendidos no total de todas as mãos dos jogadores, sai a letra F. Para quatro ou cinco pessoas: o processo é igual, mas cada jogador apenas apresenta uma mão. Se começarem a surgir letras repetidas, podem optar por excluir as letras que tenham saído da contagem ou repetir a adedanha.

Benefícios do jogo

Este jogo é um bom passatempo para fazer em família, ou entre amigos. Permite dar umas boas gragalhadas. Além disso, é também bom para aumentar um pouco a cultura geral. No caso de jogarem adultos com crianças, as crianças podem aprender palavras que desconhecem, e os adultos poderem perceber quais as dificuldades dos filhos em termos de escrita, leitura ou cultura geral.

Partilhar:

Deixe um comentário

Item adicionado ao carrinho.
0 itens - 0.00